Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

27
Out09

O novo Governo de Sócrates

José Carlos Pereira

Tomou ontem posse o XVIII Governo Constitucional, o segundo executivo liderado por José Sócrates, agora sem maioria absoluta no parlamento, o que exige uma maior abertura e uma concertação permanente com os partidos da oposição. Sem contudo perder de vista que os portugueses quiseram dar uma vitória clara e expressiva ao PS em 27 de Setembro. Não foi a oposição que ganhou as eleições.

A constituição do novo Governo conjuga a experiência e a estabilidade do núcleo duro que já acompanhava Sócrates com a entrada de nomes menos sonantes mas certamente bem preparados tecnicamente. Sê-lo-ão politicamente? Só o tempo o dirá.

Dos ministros que continuam merece destaque a mudança de Vieira da Silva para a pasta da Economia, Inovação e Desenvolvimento e de Santos Silva para a Defesa Nacional. No primeiro caso, um claro reforço das políticas económicas e da gestão do QREN. No segundo caso, uma enorme surpresa, muito embora configure um reforço de atenção aos meios castrenses.

Entre os novos nomes, a maior curiosidade será ver como Maria Helena André, que já integrava a Comissão Política do PS, gere a pasta do Trabalho e da Solidariedade Social a partir da sua experiência sindical. A única referência menos positiva chegou-me em relação a Dulce Pássaro, ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território, por parte de quem com ela lidou na área dos resíduos.

O discurso de tomada de posse de José Sócrates enfatizou as grandes prioridades que o executivo seguirá: o combate à crise, a modernização da economia e da sociedade e a justiça social. No tempo que vivemos, creio bem que estas prioridades são aquelas que o país precisa seguir. Haja competência e determinação para levar por diante as políticas correctas.