Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

19
Dez09

missanga a pataco 78

d'oliveira

 

Também os remadores jantam

 

Pois é leitorinhas gentis e leitores conspícuos (entre os quais o meu especial amigo JVC que se rói de inveja por eu ter leitoras) também nós, os deste lado do ecrã, ou seja os incursionistas, jantamos. Mais uma vez se realizou o tradicional ágape de inverno. Mais uma vez, JCP teve o encargo de encontrar restaurante, marcar o jantar e animar as hostes. Desenganem-se, porém, os que esperam que eu refira o charuto que ele tradicionalmente acende e fuma. JCP acata a lei do tabaco e nem se moveu da mesa. Terá deixado o vício? Zangou-se com Cuba? Foi alvo de ameaças terríveis se for apanhado a fumar? Fez uma promessa para o tempo natalício (comer pouco, não fumar não......)?

Coutinho Ribeiro, o fugido carteiro, mais misterioso do que nunca, não se abriu quanto á sua escassa participação. Que se passa? Que se não passa? Centenas de leitoras (ou milhares?) interrogam-se sobre este mistério. Não serei eu quem levante o véu mas na verdade gostei de ver o velho amigo todo lampeiro.

O Mocho Atento, sempre afobado por afazeres de índole espiritual (o homem vai a todas, ele é escuteiros, organizações de solidariedade social, agora  dá uma mãozinha ao Bispo, enfim não pára) chegou –como já também é tradicional – atrasado! Mas com o bom humor de sempre no que foi secundado pela dupla “o meu olhar”/JSC. Faltaram Simas Santos que agora anda de avô babado, Kamikaze, vice-raínha dos Algarves, às voltas com a sua livraria de Faro, e a nossa ministra plenipotenciária em Copacabana, Sílvia Chueire que, entretanto, mandou um poema, Saravah Sílvia!

Comeu-se, pois, forte e feio, discutiu-se, como é da praxe, tudo acabando mesmo na rua onde durante uns bons quarenta minutos continuou a conversata à temperatura comprovada de cinco () graus. Arre!, que isto é mesmo gosto em estar juntos. Quando o Coutinho Ribeiro achou que estava quase congelado despediu-se e a tropa destroçou: leitinho, xixi e cama.

Andamos nisto há já uns anos. Com altos e baixos, como todos os blogs, mas com uma consoladora, reconfortante, média de leitores e alguns picos francamente interessantes. Isso me basta ( e nos basta) para continuar. Andamos nisto porque nos divertimos, porque ninguém impõe nada a ninguém, porque discutimos se nos apetece, porque somos todos diferentes e respeitamos essas diferenças. E, pelos vistos, vamos continuar assim: um grupo de desalinhados sem complexos, de mulheres e homens com causas mas sem arcas encoiradas. Provavelmente este pequeno grupo subsiste porque é uma imagem a la minute do país, da nossa comunidade de leitores e amigos. Se isso for verdade, que honra!

 

 

5 comentários

Comentar post