Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

26
Jul07

A MIM NINGUÉM ME CALA

JSC
Manuel Alegre quis marcar a agenda política para as férias e soltou a um novo grito, bem ao jeito de “A MIM NINGUÉM ME CALA”.

No essencial estou de acordo com tudo quanto Manuel Alegre escreveu no seu manifesto “Contra o medo, Liberdade”, publicado no Público, ainda que me pareça um pouco excessivo o tom na parte que se refere ao “medo de falar” e ao “medo de pensar”. Muito sinceramente penso não ser este o principal problema, nem chega a ser problema, do nosso sistema político.

Mas Manuel Alegre também aborda aquele que é, de facto, um grande problema e que se centra no domínio das opções políticas do governo: “ a progressiva destruição do sistema nacional de saúde”, a progressiva redução das funções sociais do Estado e as “tendências privatizadoras” de “sectores estratégicos” nomeadamente o abastecimento público de água.

Ainda bem que Manuel Alegre despertou, agora, para esta realidade de minimização do papel do Estado nas chamadas funções sociais. Pena é que a sua argúcia e capacidade de mobilização não se tenha feito ouvir bem lá atrás, a tempo de impedir ou pelo menos minimizar o grave erro que é o processo em curso de liquidação do serviço nacional de saúde e, já agora, a privatização da água e mesmo do ensino superior.

Apesar dos tempos actuais não serem propícios a grandes mobilizações, aguardemos as próximas intervenções de Manuel Alegre e de todos quantos se identificam com as suas posições em defesa das bandeiras da Liberdade, da credibilidade política e da Justiça Social. Pode ser que se façam ouvir e que mobilizem vontades capazes de inflectir o sentido da orientação política em curso nestes domínios.

1 comentário

Comentar post