Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

05
Mai06

PSD – um caso de polícia

José Carlos Pereira
Luís Marques Mendes sucede hoje a si próprio na liderança do PSD, sendo o único candidato nas primeiras eleições directas daquele partido. Mendes vai ganhar tranquilamente, mas não se livra das “sombras” que pairam no ar e que são muito estimadas lá pelos lados de Belém.

Contudo, as eleições no PSD acabaram por se tornar um verdadeiro caso de polícia com as irregularidades detectadas na putativa candidatura de José Alberto Pereira Coelho. Segundo veio a público, houve de tudo um pouco, desde assinaturas falsas a militantes falecidos que surgiam como proponentes da candidatura. Por trás de si, pelos vistos, estavam as fortes concelhias de Gondomar, Gaia e Oeiras.

Pereira Coelho não é um cidadão inimputável. É membro do Conselho Nacional do PSD, coordenador dos TSD em Coimbra e administrador de um hospital naquela cidade. Não pode, por isso, ficar impune. Alguém que pretende, sejam quais forem as reais motivações, apresentar uma candidatura à liderança do maior partido da oposição, um dos dois partidos de governo em Portugal, deve ser responsabilizado perante a comunidade pelos actos cometidos. Não podemos permitir que a democracia e os partidos sejam achincalhados com atitudes como esta, sob pena de caminharmos no sentido do total descrédito dos responsáveis políticos e partidários, em suma, do nosso regime.

5 comentários

Comentar post