Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

30
Jan05

"Silêncio branco"

Incursões
"Silêncio branco" diz à frente o poema da Eugénia. Mas se “silêncio branco” tiver formas, também representa a melhor metáfora para traduzir a leitura do diálogo que Kamikaze parecia estabelecer, ontem, com a Igreja do Siza, no Marco de Canaveses.

Silêncio pelo impacto visual da magnitude dum mistério que a igreja projectada por Siza revela na sua linguagem simbólica; branco pelo impacto do branco do próprio monumento na interioridade aberta por uma enorme porta.

“Silêncio branco” que parecia ter promovido uma experiência estética construtora de uma vivência transcendente.

E se assim foi, valeu a pena mostrar o que de melhor há na Terra que nos viu nascer, crescer e fazer alguns bons amigos.

3 comentários

Comentar post