Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

04
Jan05

O todo e as partes

José Carlos Pereira
A Região Norte tem vindo nos últimos anos a perder força e protagonismo no todo nacional, seja a nível económico, político ou cultural. A pujança económica que se seguiu à estabilização democrática esgotou-se quando as indústrias tradicionais (calçado, têxteis, etc.) começaram a perder terreno na era da globalização. Paralelamente, os agentes políticos nortenhos foram perdendo determinação e classe, deixando-se inebriar, a maior parte das vezes, pelos corredores do poder e esquecendo-se das origens e dos eleitores. Os poucos exemplos de excelência na área cultural, por outro lado, não fazem esconder uma realidade que impele para a capital quase todos os que querem fazer carreira na música ou nas artes.



Aproximam-se as eleições legislativas e não vemos os partidos e os putativos candidatos preocupados com a definição de uma estratégia de afirmação do Norte de Portugal perante o país, o contexto peninsular e a Europa. Gostaria de saber o que devo esperar das apostas partidárias relativamente ao futuro do país, entendendo-o como um todo composto de partes diferentes, cada uma delas à procura de afirmar as suas potencialidades e expectativas, de atrair investimentos e atenções, de captar riqueza e de a distribuir pelas suas populações.



Que Norte e que país querem(os) construir?

3 comentários

Comentar post