Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

16
Jul04

Sem equívocos; com amizade

Incursões
Que não haja nenhum equívoco: o meu postal de ontem não teve nada a ver com nada ou com ninguém, que não seja eu e um tempo mau. Um tempo mau, furioso como cobras, tempos em que mesmo as vitórias deixam de ter sentido e se recusam a dar alento. São os tempos do cansaço, do torpor, das mágoas, das guerras que não se compram, mas que aí estão, e das outras guerras, que se compram por estupidez, mas que também aí estão.
São tempos maus, os tempos em que até as memórias - as boas e as más - também cansam e entorpecem e nos fragilizam e nos fazem sentir culpados, mesmo quando sabemos que não temos culpa.
Eu sei que os tempos maus também passam e que os tempos bons também voltam. As vossas palavras ajudam a voltar. Obrigado, por isso. E o carteiro toca sempre duas vezes...

5 comentários

Comentar post