Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

25
Abr08

A B R I L

JSC
A lista que se segue foi recolhida nos anos de 1975/76/77, para um trabalho académico. São palavras de ordem, pichagens, que mostram as diferentes opções políticas, a guerra verbal e ideológica entre as organizações em combate pelo poder político e pela conquista da rua (espaço público).

As palavras de ordem e de luta desses tempos são muito, muito mais. Estas foram retiradas, essencialmente, das manif.s, das paredes e dos muros do Porto. A criatividade era imensa, maior que o país, em cada cidade ou lugar, a rua era o espaço para semear palavras de ordem e anseios

PALAVRAS DE ABRIL

A luta continua, A Vitória é certa!
A terra a quem a trabalha
A terra a quem a trabalha, os patrões que comam palha (FUR)
A classe operária deve ousar lutar, ousar vencer (MRPP)
A reacção não passou, a reacção não passará
Abaixo a reacção
A esquerda unida jamais será vencida (PC)
Abaixo a exploração capitalista
Abaixo a subaluga
Abaixo a vida cara classe operária deve ousar lutar, ousar vencer (MRPP)
Abaixo os camaleões
Abaixo o odor corporal
Abaixo a Guerra Colonial
Álvaro Cunhal para o Governo
Avante! Avante! Rumo ao Socialismo
Avante! Avante! UEC de massas
Assassinos, Assassinos
Aqui só vai um o PS e mais nenhum
A Arma é o Voto do Povo
Aliança só há uma com o povo e mais nenhuma (PS)
Assim se vê a força do PC
Assim se reconhece a força do PS
Apoio aos 9
A Europa está connosco! (PS)
Alternativa 76 (CDS)
Avançar! Avançar! Movimento Popular
Avançar! Avançar! Poder Popular (MES)
Arnaldo Matos é do Povo o Povo libertá-lo-á (MRPP)
Arnaldo de Matos Educador da Classe Operária (MRPP)
Avante pelo Poder Popular (MES)
Armas para o Povo, Já!
A Câmara é do Povo
A Câmara é do Povo, não é do Veloso
A foice e o martelo na cabeça do Otelo (PPD)
A Banca é do Povo
A Chuva é do povo, abaixo os telhados
A China vai de Mao a Pior
Abaixo a foice e o martelo, viva o Black and Decker
Abaixo os ovos estrelados, os pintainhos têm direito a nascer
Abaixo a reacção! Viva o motor a hélice
Abaixo o sabão amarelo! Abaixo a tinta da China! Independência Nacional
Anarquia sim mas nem tanta
A Madeira tem caruncho!


Basta! Fim da Guerra Colonial (MDP)
Basta! Não ao açambarcamento (MDP)
O Boato é uma arma da reacção


Corporativismo = Fascismo
Contra o fascismo, contra o Capital, Unidade Popular
Contra o Fascismo, Contra o Capital, Ofensiva Popular
CICAP é do povo, não é do Veloso
CICAP! RASP! A mesma Luta
CDS! Dissolução
Contra Cunhal! Vote AOC
Cunhal, traidor da classe operária
Contra o Fascismo! Unidade Popular
Corvacho Voltará
Cristo foi quem mais Lutou pelas Liberdades – Vota CDS
Chile Vencerá!
Carneiro só há um, assado e mais nenhum (PS)
Com a classe operária, liberdade e socialismo (UEC)
Controlo de produção e os preços baixarão (LCI)
Cimbalino ao poder, abaixo o café de saco, morte à cevada reaccionária
Contra os Traidores: Armar Poder Popular (BASE)

Desarmamento imediato da GNR e PSP
Dá mais força à Liberdade – Vota PCP
Dissolução da Constituinte
Dissolução da Constituinte, Já!
Democracia para o povo, ditadura para os ricos (OCMLP)
Direita, esquerda recuar, o centro avançar
Deixa o passeio e vem, a luta é tua também
Deixemo-nos de Barreirinhas, vamos ao salto em altura

Em frente, sem medo, Pinheiro de Azevedo (PS, PPD)
Em frente pela organização autónoma dos soldados
Europa vermelha, operários ao poder
É Boa, é boa e continua o povo pôs os fascistas na rua
É Boa, é boa e continua o PS pôs o Vasco na rua
Estudantes ao lado do povo, sempre (OCMLP)
Eleições nas Autarquias, Já!
Está na Hora, Contratos Colectivos cá para Fora
Europa, Portugal, a luta é igual
É feio, é feio ficar no passeio
Em frente pela reconstrução do Partido (OCMLP+CMLP)
Em frente pela destruição do capitalismo
Eu Adoro o CDS
Em frente pelo Congresso (CMLP+OCMLP)
Em frente pela unificação dos comunistas (OCMLP + CMLP)
Em frente pela grande via marginal até Cascais

Freitas do Amaral é sensacional (CDS)
Força, Força Companheiro Vasco (PCP, MDP)
Força, Força Companheiro Vasco nos somos a muralha d’aço
Fascista, escuta, o Povo está em luta (PCP)
Fascistas fora das escolas
Fim à Guerra Colonial
Fora com a canalha o poder a quem trabalha (PRP)
Frente Unida da Classe Operária (LCI)
Fascistas pró Campo Pequeno
Fascistas prá Prisão
Fim aos despedimentos
Fim aos despejos
Fim às colmeias humanas
Fora com os mortos, a terra a quem a trabalha

Galvão amigo o povo está contigo (CDS)
Galvão, tem paciência, tens de ir à Presidência
Governo só há um, o 6.º e mais nenhum

Imperialistas e social-iImperialistas, fora de Portugal
Imperialismo só há um, o Americano e mais nenhum
Isto não é canalha, é o povo que trabalha (PPD)
Intersindical não interessa a Portugal
Inter 2 Sindical 0
Intersindical é um tacho do Cunhal
Intersindical só interessa ao Cunhal
Intersindical só serve ao Cunhal
Independência das Colónias, Já!
Independência Nacional
Imperialistas tirem as patas de Portugal
Imperialistas go home
Imperialistas fora da nossa Pátria (OCMLP

Justiça, Justiça (CDS)
Justiça, Justiça, Partido Socialista

Liberdade, Justiça, Partido Socialista
Lutar, Vencer, operários ao poder (LCI, PRP)
Lutar, Vencer, social democracia ao poder (PPD)
Libertação imediata dos antifascistas presos
Libertação imediata dos presos políticos do zoo

MFA! MFA!
Morte à PIDE
Marcelo, fascista, assassino
Morte ao ELP e a quem o apoiar
Morte à CIA
Morte à CIA e ao KGB
Morte ao revisionismo
Morte ao social fascismo
Morte ao reformismo
Morte ao fascismo
Morte ao Careca
Marx, Engels, Lenine Staline, MaoTse Tung
Mudar o Governo, Já! (CDS)
Mulheres unidas jamais serão vencidas (MDP, PCP)
MFA com bolacha baunilha!
Mortos da vala comum ocupai os jazigos de família
Mais vale uma na mão que duas no soutien

Ninguém nos comprou, viemos livremente
Nem Soares, nem Cunhal, Independência Nacional
Nem Soares, Nem Guerreiro, Nem Cunhal
Nem fascismo nem social fascismo
Ninguém arreda pé
Nem Marcelo nem foice e martelo
Nem socialismo sem liberdade, nem liberdade sem socialismo (PS)
Nem mais um embarque
Nem Kissinger nem Brejnev
Na hora de votar vota PPM
Ninguém nos pagou
Não à violência fascista
Não aos saneamentos à esquerda
Nem Carneiro nem Amaral
Ninguém há-de calar a voz da classe operária (MRPP)
Nem CIA nem KGB
Nem PIDE nem COPCOM (MRPP)
Nem mais um chaimite para o Copcom
Nem Deus nem chefes
Nem madeira nem social madeira, governo de plástico!
Não há eleições. D. Sebastião volta para a semana
Nem mais um anticiclone para os Açores
Nem mais um faroleiro para as Berlengas


Operários, camponeses, soldados, marinheiros unidos venceremos (SUV)
O povo unido jamais será vencido
O povo não quer fascistas no poder (PCP, FUR)
O povo diz não, diz não à reacção (PCP)
O povo diz não, diz não à paralisação (PS)
Onde está o PS que não aparece?
Onde está o PPD que não se vê? Em casa a ver TV
Otelo para Presidente
Organizar, armar, poder popular (PRP)
Outro Presidente, já! (PPD)
O mundo é belo com Galvão de Melo (CDS)
O povo merece um Governo CDS
O Centro vencerá e a vida não acabará (CDS)
Os operários não têm pátria (PRP)
O povo está com o MFA
O voto é a arma do povo
O voto é uma arma do povo
O povo já se vê vota PCP
O voto do povo é MDP/CDE
O povo rural também é Portugal
O povo votou, o CDS ganhou
O povo em armas jamais será vencido (PRP)
O povo sem jantar vai a Serra do Pilar (SUV)
Os Galos pedem a Nacionalização dos Ovos
O Governo é uma merda. De quem é a culpa, da merda ou do Governo?
O socialismo está em construção, visite o andar modelo

Pinheiro de Azevedo, o povo não tem medo
Pão, paz, terra, liberdade, independência nacional
Pão, paz, terra, leberdade, independência, democracia popular
Pão, Paz, democracia (PPD)
Povos das colónias, operários portugueses, a mesma luta
Por um congresso democrático de todos os sindicatos
Por um governo operário e camponês
Por uma escola ao serviço do povo
Portugal unido jamais será vencido (CDS)
Portugal já escolheu – PPD
Portugal está connosco (PPD)
Por uma maioria de esquerda, vota PCP
Por uma escola nova (MRPP)
Por um ensino ao serviço do povo (CMLP)
PPD não pára, PPD não parará
Pedimos desculpa, a ditadura segue dentro de dias
Pela Quaresma e até à Páscoa
Promoção imediata do Leitão a porco

Que viva, que viva, o marxismo-leninismo (FEC m-l)
Que viva, que viva a classe operária
Quanto mais a luta aquece mais se vê a força do PS
Queremos dormir com as nossas mulheres

Trabalho igual salário igual
Todo o apoio a tudo que for provisório

Unidade! Unidade!
Unidos venceremos
Unir, Organizar, armar (PRP)
Unidade estudantil com o povo trabalhador (pró-UNEP)
Unidade sindical
Unicidade sindical (PCP, MDP, MES, LCI)
Unidade sim unicidade não (PPD, PS)
Unir o povo contra o fascismo, a miséria e o imperialismo (UDP)
Unicidade sindical na lei, Já!
Uma só via, social democracia (PPD)

Regresso dos soldados, já!
Regresso dos soldados para o ultramar
Reforma agrária
República é do povo não é de Moscovo (PS)
Reaccionários fora dos quartéis
Rádio Renascença a funcionar, já!

Soldados são filhos do povo
Soldado, amigo, o povo está contigo
Soldados sempre, sempre ao lado do povo
Social democracia só interessa à burguesia (PCP)
Só os parasitas têm medo dos comunistas (PCP)
Só há uma via, social democracia (PPD)
Soares, Zenha, não há quem os detenha (PS)
Só! Só! Só! PS
Socialismo em liberdade (PS)
Socialismo só há um, o do povo e mais nenhum (PCP)
Socialismo sim, vigarice não (FSP)
Se Cristo cá viesse votava CDS
Se quer boas colheitas, vote Freitas
Se isto não é o povo então o que é o povo?
Staline está vivo nos nossos corações (FEC m-l)
Socialismo sim, ditadura não
Se Deus existe porque não se recenseou?
Se o Estado é o patrão, quem nos defende dele


Viva o poder popular
Viva a classe operária
Viva o socialismo em liberdade
Viva a social democracia
Viva a Foice, o Martelo e a Estrela de 5 Pontas (FEC m-l)
Voto aos 18 anos
Vasco voltará
Vasco, Otelo, Costa Gomes
Vasco só há um, o Lourenço e mais nenhum
Veloso actua, põe a canalha na rua
Veloso, soldado corajoso
Vota no Castelo
Viva o Magalhães pasta, ministro sem Mota

Zenha, não há quem o detenha
Zenha, amigo, o PS está contigo