Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

11
Set15

A comunicação social ao alcance da mão

José Carlos Pereira

A política local continua a surpreender-me, nomeadamente na terra que me viu nascer, Marco de Canaveses. Com efeito, há hábitos que ficaram arreigados de outros tempos e custam a ser ultrapassados. Falo, por exemplo, do conúbio poder autárquico/comunicação social.

Nos tempos de Avelino Ferreira Torres (CDS) tudo era claro: os órgãos de comunicação social locais foram criados pela sua estrutura com o objectivo de se tornarem instrumentos ao serviço do poder autárquico. Assim se passou durante mais de vinte anos, em que a direcção desses órgãos coube invariavelmente a pessoas da confiança do poder político.

Com a actual maioria PSD, que governa o município desde 2005, o fenómeno tem ramificações diferentes, mas a tentação de cair nos mesmos procedimentos parece ser grande. Há poucos dias, a tomada de posse dos dirigentes locais da JSD, que se transformou numa iniciativa da pré-campanha eleitoral da coligação PSD/CDS com a presença do "todo poderoso" Marco António Costa, do presidente da Distrital do Porto do PSD, do presidente da JSD, de deputados, dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, entre outros, teve como apresentador o director da única rádio local com sede no município.

Foi pena o eurodeputado Paulo Rangel não ter integrado a comitiva que se deslocou a Marco de Canaveses para a aludida cerimónia, pois podia partir desse caso concreto para divagar, como gosta, sobre…asfixia democrática!