Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

22
Jan15

Um mau exemplo

José Carlos Pereira

Quem me vai lendo há mais tempo sabe da ligação que tenho a Marco de Canaveses, minha terra natal e onde fui autarca na Assembleia Municipal durante oito anos. Os assuntos locais interessam-me bastante, naturalmente, e servem de exemplo para evocar boas e más práticas na promoção e na afirmação da competitividade dos territórios.

Recentemente, a Câmara Municipal de Marco de Canaveses decidiu promover um decepcionante concurso de ideias para a criação de um slogan/imagem do concelho. A marca/imagem/slogan de um território deve resultar de um trabalho profundo que parta do posicionamento actual do município (para residentes e visitantes) e determine qual o posicionamento desejado para, só então, definir quais as propostas de valor necessárias para atingir esse posicionamento.

Os executivos liderados pelo PSD já tiveram oportunidade, desde 2005, de contratar e de envolver o município em diversos estudos estratégicos: o “Estudo Estratégico para o Concelho de Marco de Canaveses”, elaborado pela Escola de Gestão do Porto e liderado por Daniel Bessa; o “Estudo de Marketing da Promoção do Baixo Tâmega” promovido pela Associação de Municípios do Baixo Tâmega; o estudo de planeamento conducente à revisão do Plano Director Municipal, a cargo da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; e finalmente o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Tâmega e Sousa, conduzido pela Universidade Católica do Porto.

Esperar-se-ia, portanto, que a estratégia de promoção do concelho estivesse alinhada com a ideia de desenvolvimento projectada para o futuro de Marco de Canaveses nesses documentos e na estratégia pensada e delineada pelos responsáveis políticos, com o envolvimento da sociedade civil. Nada do que foi feito com este concurso de ideias. Que é, assim, um desperdício de tempo, de energia e de foco. Em suma, um exemplo do que não se deve fazer.

3 comentários

Comentar post