Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

11
Jul16

Uma conquista histórica

José Carlos Pereira

thumbs.web.sapo.io.jpg

A vitória na final do Europeu de futebol frente à França conduziu-nos ao galarim dos países com grandes conquistas internacionais na modalidade. Depois de uma final europeia perdida em casa em 2004, que vivi no palco da decepção, o Estádio da Luz, e de outras cinco meias-finais perdidas, duas em mundiais e três em europeus, Portugal alcançou por fim o lugar mais alto.

Esta não foi a equipa que apresentou o melhor futebol, a que reuniu os melhores jogadores, a mais dotada e a mais querida de todas aquelas que Portugal fez alinhar nas grandes competições. Mas foi por certo a mais unida, a mais determinada e a mais alinhada com os propósitos de treinadores e dirigentes.

Creio que o grande artífice desta conquista foi Fernando Santos. Nunca se vira um grupo tão coeso e um reconhecimento tão grande dos jogadores pela acção do seu líder. Portugal, que costumava ser o país dos casos, das polémicas e das meias verdades nas fases finais, foi desta vez a imagem da tranquilidade e da assertividade.

Encheu-se a boca dos críticos por causa do futebol praticado, nomeadamente na fase de grupos, exigindo à selecção os floreados que ela não podia dar. Fernando Santos percebeu isso bem cedo e tratou de fazer prevalecer o pragmatismo, focando-se nos resultados e não tanto nas exibições. Resumiu bem a questão quando disse que não éramos os melhores do mundo, mas que também ninguém nos ganharia com facilidade. E as vicissitudes da final vieram valorizar ainda mais o papel do treinador nacional, que soube guiar a equipa de modo a ultrapassar os revezes e a tomar opções, arriscadas mas ponderadas, que nos conduziram à vitória.

O futebol português e o país estão em festa. Merecidamente. Uma festa que percorre cada canto do planeta onde há um português ou um descendente de portugueses. E foi precisamente dos emigrantes que veio a força suplementar de ânimo e vontade que muito ajudou à vitória dentro do campo.

Viva Portugal!