Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

BCP ou como um Case Study se torna num Caso de Polícia

JSC, 25.06.09

O Ministério Público acusa cinco antigos gestores do BCP: Jardim Gonçalves, Filipe Pinhal, Cristopher Beck, António Rodrigues e Castro Henriques, de manipulação de mercado, falsificação de contabilidade e burla qualificada.

 

No curto período de três anos, 1999/2001, os senhores BCP constituíram 17 offshores, com a finalidade de manipular as cotações do banco, empolando os resultados, o que permitiu receberem mais de 24 milhões de euros, que de outra forma nunca receberiam.

 

O caso de sucesso que foi o BCP está transformado, cada vez mais, num caso de polícia. É de acreditar que, como diz o povo, a procissão ainda vai no adro, porque, a fazer fé no bem documentado Joe Berardo, “o BCP continua a roubar ainda hoje”.

 

Joe Berardo costuma ter razão nestas coisas da alta finança, como bem provou com a retirada dos seus capitais do BPP, em 1998.