Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

Quando a preocupação é o sorriso das vacas

J.M. Coutinho Ribeiro, 29.09.11

Cavaco Silva anda muito opinativo, no que deve ser entendido como a manifestação prática da sua "magistratura activa". Até em matérias que não lhe dizem propriamente respeito, na sua qualidade de PR. Confesso, porém, que não dou muita importância às suas opiniões. Não é grave. Grave é que as suas opiniões sejam cada vez menos escutadas pelos outros líderes políticos. E quando digo que é grave, não é porque entenda que as suas opiniões devam ser seguidas - é apenas porque me parece que ninguém dá já muita importância ao que diz o PR, preocupado que anda com o sorriso das vacas açorianas.

Durante muitos anos mitificado por uma boa parte dos portugueses, Cavaco Silva tem assumido, nos últimos anos, a função de mero notário de marcação de eleições. Desconheço-lhe qualquer iniciativa para resolver as crises políticas que se instalaram no país. E, no entanto, podia tê-lo feito, quando o cenário de crise começou a pairar entre nós, forçando um acordo dos partidos para enfrentar a situação de emergência. Não. Deixou andar. Uma vez mais, Cavaco foi perito em colocar os seus interesses políticos acima dos interesses do país, de forma a assegurar a reeleição. Foi reeleito, à primeira volta, mas com um resultado aquém do esperado. Conseguiu o seu objectivo, mas não ajudou o país. Por estas e outras, há um objectivo que Cavaco não conseguirá: o de ter uma página brilhante na história de Portugal. Terá, quando muito, um pé de página. Sem brilho.

2 comentários

Comentar post