Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

CNE Que Futuro?

mochoatento, 02.10.08
No próximo fim de semana decorre o Seminário Nacional dos Escuteiros Católicos Portugueses, em Aveiro.

"Objectivos - O Seminário Nacional dará início ao processo de reflexão interna tendo como objectivos principais:
• Reflectir, numa perspectiva de futuro, sobre a situação actual do CNE tendo por base alguns dados recolhidos, experiências vividas e a imagem interna e externa;
• Ser um espaço de questionamento sobre os Valores e Missão do CNE;
• Apontar caminhos para a definição das linhas estratégicas da associação;
• Constituir ponto de partida para uma dinâmica de eventos regionais que gerem contributos sobre o tema e garantam uma participação abrangente e alargada;
• Ser fonte de documentos e pensamento que possam servir de base a outras análises em oportunidades futuras.

Programa - O programa do Seminário assenta sobre 4 grandes blocos temáticos ou dimensões.
• Identidades
• Realidades
• Valores e Missão
• Visão

O trabalho sobre as 3 primeiras dimensões procurará compor um retrato da situação actual, não só do Escutismo (e em particular do CNE) mas também dos diferentes meios com os quais interage ou se relaciona.
Em cada uma destas dimensões seremos levados a reflectir, procurando, com a ajuda de alguns convidados, encontrar respostas para algumas questões:

Identidades – o que são os jovens de hoje, em Portugal e no Mundo? Que papel para a educação não-formal hoje em dia? E o Movimento Escutista, que principais desafios enfrenta hoje neste mundo global? E que prioridades traça no início dum novo século?

Realidades – em que contexto vivemos? Como se vem posicionando o CNE em relação a diversos domínios? Estamos a formar os Homens e Mulheres que o séc. XXI precisa? Que Mundo estamos a ajudar a construir? Como nos posicionamos e como somos percepcionados?

Valores e Missão – Que valores são afinal os nossos? Fazem ainda sentido no Mundo de hoje? Seremos eficazes no “passar da mensagem”? É clara para todos a Missão que o Movimento Escutista escolheu para si neste momento da História? Como a vive o CNE?

Com base nesta análise, procurar-se-á, num segundo momento, começar a sonhar com os contornos do CNE que gostávamos que existisse e que a sociedade portuguesa necessita. É tempo de começar a esboçar uma Visão partilhada para o CNE "

Mais informação em http://www.cne-escutismo.pt/

1 comentário

Comentar post