Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

Dois tiros na ética republicana

José Carlos Pereira, 01.02.06
O recente candidato presidencial Manuel Alegre fez a sua campanha enaltecendo os valores da cidadania, da ética democrática, da participação cívica e livre, da transparência e abertura dos partidos políticos e dos seus aparelhos, dos valores democráticos. Com essa postura teve, na realidade, uma votação muito expressiva nas presidenciais.
Pois bem, Manuel Alegre dá agora, em meu entender, dois valentes tiros na ética apregoada aos quatro ventos. Encontrando-se de baixa médica, falta às sessões do parlamento, de que é vice-presidente, mas é conhecido que esteve a caçar no Alentejo, em reuniões políticas e em jantares públicos de apoiantes da sua ex-candidatura. Ainda que justificável do ponto de vista médico, este comportamento é muito negativo, desde logo pela mensagem que Alegre transmite ao cidadão comum. Entretanto, a segurança social ou outro regime mais favorável, o Estado por certo, pagar-lhe-á naturalmente o subsídio de doença.
Activo combatente da transparência dos partidos e da abertura dos seus órgãos aos militantes e aos cidadãos, dá o brilhante exemplo de faltar à reunião da Comissão Política do PS, para onde foi eleito por aqueles que o apoiaram no último congresso, para estar num jantar com apoiantes, antecipadamente divulgado a todas as televisões. Em baixa médica. Presunção e água benta…
Parece que Alegre vai hoje comunicar ao país qual vai ser o seu futuro. Já é tarde.

4 comentários

Comentar post