Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

Corrupção na Madeira: os três arguidos saem em liberdade

José Carlos Pereira, 14.02.24

A Justiça fica mais uma vez em xeque. Três pessoas, independentemente das funções exercidas, foram detidas durante 21 dias e, no fim desse período, são devolvidas à liberdade, aparentemente sem haver quaisquer indícios relevantes de corrupção. Pelo caminho, o presidente da Câmara do Funchal renunciou ao mandato e o mesmo fez o presidente do Governo Regional da Madeira, também envolvido no processo. O Ministério Público brinca com a vida das pessoas e o juiz de instrução não conseguiu melhor do que 21 dias para apurar a falta de indícios, pouco se importando com a privação da liberdade dos detidos. Uma vergonha!