Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incursões

Instância de Retemperação.

Incursões

Instância de Retemperação.

18
Out19

José Luís Carneiro, o novo "número dois" do PS

José Carlos Pereira

Na sequência das eleições legislativas e do rearranjo partidário no seio do PS, Ana Catarina Mendes será indicada para nova líder parlamentar e o lugar de secretário-geral adjunto será ocupado por José Luís Carneiro.

Em 2005, José Luís Carneiro conquistou a presidência da Câmara de Baião, nas mesmas autárquicas em que no concelho vizinho de Marco de Canaveses, liderei, como independente, a candidatura socialista à Assembleia Municipal. Desde então fomos cimentando um conhecimento mútuo, que muito beneficiou dos convívios promovidos por um amigo comum, nos quais se foram encontrando alguns outros autarcas e actores políticos da região. Conheço bem as suas capacidades, a sua verticalidade e as suas ideias.

Acompanhei com atenção a acção política de José Luís Carneiro na autarquia de Baião, mas também no Comité das Regiões e na liderança da Federação Distrital do Porto do PS. O seu desempenho enquanto secretário de Estado das Comunidades Portuguesas foi comummente elogiado e era claro para os seus amigos que José Luís Carneiro poderia ambicionar novos desafios.

António Costa optou por lhe confiar a coordenação do partido na preparação do ciclo que antecede as próximas autárquicas e José Luís Carneiro, que liderou a associação dos autarcas socialistas, está especialmente preparado para conduzir com êxito essa missão.

Carneiro não é só a "formiguinha do campo que vingou na cidade", como escreveu com graça o "Expresso" ontem. É alguém que, além da preparação académica, tem uma particular noção do serviço público e da prestação de contas pelo trabalho realizado, o que é raro nos dias que correm. Em Baião, era seu hábito percorrer o concelho para apresentar às comunidades o resultado do seu trabalho e colher os contributos de todos. Do mesmo modo, publicou em livro o balanço da sua intervenção autárquica, da acção partidária, da participação no Comité das Regiões ou agora do exercício como secretário de Estado. O princípio muito britânico da "accountability" está desde sempre presente em José Luís Carneiro.

O lugar de secretário-geral adjunto do PS proporcionará a José Luís Carneiro uma notoriedade nacional elevada e estou certo que, no futuro, isso será muito útil para enfrentar outros desafios políticos.